...porque a mim ninguém me cala...

09
Jul 09

No corpo feminino, esse retiro
- a doce bunda - é ainda o que prefiro.
A ela, meu mais íntimo suspiro,
Pois tanto mais a apalpo quanto a miro.

Que tanto mais a quero, se me firo
Em unhas protestantes, a respiro
A brisa dos planetas, no seu giro
Lento, violento... Então, se ponho tiro

A mão em concha - a mão, sábio papiro,
Iluminando o gozo, qual lampiro.
Ou se, dessedentado, já me estiro,

Me penso, me restauro, me confiro,
O sentimento da morte ei que adquiro:
De rola, a bunda torna-se vampiro.


Khan Wars
counter
Hit Counter
Hit Counter
Onde, meu Deus, onde?!
 
Bolachas fresquinhas

Grande Carlos Drummond de...

Pontos fresquinhos
Pois é Ana.....haja mais alguém com a crueza que m...
Mt bom mesmo!!! Identifico-me com quase todos os t...
às vezes rolamos e batemos onde não queremos!Como ...
:))))...cada vez mais conheço um bocadinho de ti! ...
outro dia era terça-feira 13, e aqui na espanha on...
Meu Xanxo, esses são aqueles que gosto de chamar ...
Opá neste mundo anormal que vivemos é cada um com ...
Meu doce, como poderia eu chatear-me contigo?! ;) ...
Patético, não. Mas talvez... um pouquinho inú...
Bom dia amigo Asdrubal. Vamos lá ver se nos ente...
Khan Wars